O FUTURO DAS TRANSAÇÕES FINANCEIRAS PELO FACEBOOK E WHATSAPP - FORMCRED CONSULTE

O FUTURO DAS TRANSAÇÕES FINANCEIRAS PELO FACEBOOK E WHATSAPP

Que as empresas comandadas por Mark Zuckerberg são as mais preferidas isso não é novidade. Tamanha preferência se dar pelo fato de serem as empresas mais inovadoras da atualidade em todos os quesitos. As redes sociais de Mark oferecem ferramentas de interação e várias facilidades essenciais para o dia a dia do internauta.

A Criptomoeda do Facebook promete revolucionar os meios de pagamentos.

O Facebook é uma das redes sociais de maior força mundial. A rede de interação de Zuckerberg possui a marca de 6 milhões de contas ativas mensamente e é considerada a maior rede social virtual em todo o mundo, enquanto a outra empresa pertencente a Mark, o Whatsapp é considerado o aplicativo mais utilizado pela população mundial com um pouco mais de 1 bilhão de contas ativas. Essas empresas se destacam pelo fato de oferecer trocas de mensagens e ligações instantâneas fazendo com que os usuários dessas redes se comuniquem com rapidez e segurança, uma vez que as mensagens e ligações são criptografadas.

As duas redes sociais abrangem todos os perfis de usuários e com isso tem ganhado novidades constantes e uma das principais estratégias dessas redes é a realização de movimentações financeiras através do próprio aplicativo.

INTEGRAÇÃO COM PRODUTOS DO FACEBOOK

Na conferência anual com desenvolvedores em abril do ano passado, o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, apresentou as principais novidades da empresa e dentre as novidades do Grupo Facebook, estão todas as soluções: Facebook, Instagram, Messenger e WhatsApp.

Com essas inovações apresentadas por Mark, agora será possível enviar dinheiro e realizar pagamentos pelos aplicativos Messenger e WhatsApp, essa ferramenta já foi testada na Índia que é um dos principais mercados do Grupo Facebook.

No Brasil várias instituições bancárias passaram a oferecer funcionalidades via WhatsApp e Messenger, essas empresas estão utilizando os ChatBots para fazer contato com os seus clientes. Os Bancos do Brasil, Bradesco e Itaú já permitem o uso desses aplicativos para realizar consulta de saldo e realização de transferências.

A maior vantagem disso tudo é a redução dos custos operacionais dos serviços bancários, sendo que agora as consultas dos clientes são automatizadas. A partir do momento em que essas funcionalidades passam a ser conhecidas pelos usuários o uso e a demanda vai aumentar cada vez mais e com isso em breve demais instituições bancárias tendem a aderir esse serviço que integram essas redes sociais às operações bancárias.

RECENTEMENTE O FACEBOOK ANUNCIOU A SUA CRIPTOMOEDA

No inicio do segundo semestre do ano passado o Facebook lançou a criptomoeda do grupo, a Libra. Com essa criação, ficou consolidada a entrada em definitivo do Grupo Facebook no mercado financeiro, passando a ser mais uma concorrente direta da mais famosa criptomoeda do mundo a Bitcoin.

Devido aos vários questionamentos quanto a segurança das moedas virtuais existentes no mercado, o grupo de Mark Zuckerberg lançou essa nova subsidiária que se compromete a ser a carteira digital da nova criptomoeda, Calibra.

Com isso, o Facebook pretende separar os dados pessoais dos dados financeiros.

COMO VAI FUNCIONAR A LIBRA ENTRE AS REDES SOCIAIS?

Essa moeda não irá se limitar ao Facebook assim que estiver em operação. Existe a expectativa de que fortaleça bilhões dando às pessoas acesso a serviços financeiros sem necessariamente exigir uma conta bancária.

Existe a expectativa de que a libra possa ser usada para realização de transferências entre usuários no WhatsApp e Messenger. O objetivo de Mark é que esse tipo de operação seja tão simples como enviar uma mensagem de texto ou de áudio, e como todas as inovações realizadas pelo grupo são bastante aceitas pelos usuários a expectativa é de que a Libra seja uma criptomoeda de sucesso.

Contudo ainda existem algumas previsões de que a moeda em um futuro bem próximo poderá ser utilizada para:

  • Pagar faturas
  • Fazer compras em estabelecimentos físicos e online
  • Compra de passagens de transporte públicos
  • E etc.

Todas essas medidas foram anunciadas por Mark Zuckerberg, mas ainda não foi divulgado em quais países a criptomoeda do Facebook será implementada.

Leave a Reply